500 milhas automobilismo

Os Logos Das 500 Milhas de Indianápolis

22.5.14Andy Santos



Sempre no último domingo de Maio são realizadas as 500 milhas de Indianápolis, prova do calendário da Fórmula Indy. É um dos principais eventos de automobilismo no mundo, cheio de tradições e singularidades, como o tradicional leite oferecido ao vencedor e ao troféu que é agora gigantesco, cravado com os rostos de todos os ganhadores do GP. E a Indy 500 conta a cada edição com logos diferentes, caracterizando cada momento, cada ocasião, cada celebração que a corrida possa mostrar através não só de motores e gasolina, mas também com design.

Desde 1977 existe o registro de logos oficiais das 500 milhas, vamos ver alguns mais expressivos, pontuando as mudanças e evoluções nos layouts nas últimas 3 décadas pelo menos.

65ª Edição - 1981



Primeiro logo trabalhado com cores e forma conceituada, todo estruturado em diagonal, com os caracteres em itálico, se referindo à velocidade dos carros. Para dar continuísmo e embasamento ao conceito, reparem que os caracteres tem variados corpos, do mais light (fino) ao mais bold (negrito). As cores vermelho e azul, dando a americanidade ao desenho.


68ª Edição - 1984



Segue inicialmente a base do de 1981, com a estrutura diagonal e as cores americanas. Contudo a família tipográfica é diferente, e sem variações de corpo. Ocorre a primeira aparição da roda com asas, que é o logo do Indianapolis Motor Speedway, o circuito das 500 milhas.

70ª Edição - 1986



A base do desenho é o retângulo arredondado, que simboliza o traçado do circuito. As cores continuam ao modo americano, divididos, começando pelo azul, que é acompanhado da roda alada, que possui um espaço maior e o número da edição no meio. Logo embaixo o nome de Indianápolis e o número 500 envolto no vermelho e a data. A tipografia nesse caso acompanha a base gráfica, sem serifa e de corpo retangular.

72ª Edição - 1988



Esse é curioso, pois representa bem mais o que foi graficamente os anos 80. Tem volume, tem grandeza, imponência, porque dá a sensação de se olhar o logo de baixo para cima. Especialmente a inscrição 500 é chamativa, gritante, não sabemos se com o azul teria tanta energia assim. A palavra Indianapolis tem o volume, mas está menor e com outra tipografia, mais humanista, servindo de complemento para a numeração.

80ª Edição - 1996



Primeira vez é apresentado o logo com a paleta de cores diferentes do azul e vermelho. Aqui ele é dourado, lilás e verde. Tem uma base diagonal positiva bem agressiva, o 500 continua como destaque principal, o símbolo do circuito é trocado pela asa estilizada e dourada como o número. Indianapolis graficamente não fica em segundo plano pois está escrita com fundo branco. O logo é rodeado com elipse lilás e o carro verde, simbolizando o traçado.


90ª Edição - 2006



A edição 90 é clássica, com o brasão amarelo de fundo, de família tipográfica serifada, bem old school. Há a harmonia cromática, mesmo com a inscrição 500 sendo em grená e ocupando um grande espaço. O verde ajuda a delimitar as áreas, contribuindo com a leitura visual e lá em cima a roda alada tem um traço todo simplificado.

92ª Edição - 2008




De cara, uma cor fora do comum no histórico, o laranja, que ocupa uma posição nobre na composição. Dessa vez a base é o círculo, composto além do laranja, pelo azul e creme. A família tipográfica é sem serifa, no entanto de corpo bem forte, e fica mais assim pelos contornos. O símbolo do Speedway, tem o número da edição no meio, e as asas mais geometrizadas em azul.

100º Aniversário - 2011



O logo comemorativo é naturalmente todo ornamentado, com a representação de placa e faixa dizendo o que é e para que é. Reparem que é uma estrutura equilibrada, a maior parte dos elementos se encontra ao centro. A personificação do ícone do circuito é diferente, com as asas em dourado bem grandes e a roda sendo a inscrição 100th. Curioso é o que está abaixo da placa Indianapolis, há um espaço cinza, tracejado, que pode ser intepretado como continuação, em perspectiva, ou até mesmo o portão da garagem dos boxes.


98ª Edição - 2014



O logo atual tem toda a característica militar, com objetos geométricos como sustentação do layout, distintas famílias tipográficas, algumas até com volume de sombra. Os elementos gráficos como estrelas e o ícone das asas douradas tanto em cima como nas laterais, dão a impressão de ser algum evento da aeronáutica.


You Might Also Like

0 comentários

INSTAGRAM

CONTATO