Antonio Rodrigues Jr. arte

Captando o Play! de Antonio Rodrigues Jr.

12.2.15Andy Santos


Quando se pensa a criação de grafismos sobre o futebol e a maioria dos esportes, é desafiante colocar no trabalho toda a ação, a execução de movimentos plásticos e intensos, como se estivesse dentro do jogo. Para isso necessita o olhar, a sensibilidade para captar a ação e dar o "play", a sequência para a expressão gráfica surgir. E isto pautou o projeto que o designer gráfico Antonio Rodrigues Jr. desenvolveu, denominado... Play!

A primeira sensação com os elementos usados por Rodrigues Jr. é de que se vai levar um chute ou bolada no rosto, tamanho o destaque para a redonda e os pés dos jogadores. E é um trabalho que carrega curiosidades em seu desenvolvimento, algumas mudanças de rumo, e para explicar, ninguém melhor do que o próprio autor. 

"Este projeto foi originalmente encomendado pela Puma Brasil como parte de sua campanha para a copa do Mundo de 2014. Uma curadoria escolheu um artista de cada cidade que sediaria os jogos para desenvolver uma ilustração que incluísse elementos da cidade, do futebol e, é claro, da marca.


Minha ideia era fazer uma ilustração dinâmica que, mesmo estática, mostrasse movimento e o dinamismo de uma jogada. O projeto foi aprovado, mas por razoes contratuais, eu não pude usar a ilustração que foi desenvolvida para a marca. Isso me levou a desenvolver outras ilustrações no estilo e proposta


Os desenhos foram todos feitos a mão e a luz básica é aquarela. A cor foi acrescentada digitalmente pois eu queria ater a possibilidade de representar diferentes países."

O prosseguimento da proposta resultou em desenhos singulares e pitorescos, com claro destaque para a área dos pés e pernas. Contudo são composições equilibradas e vêm cheias de fluidez. Equilíbrio se encontra nas cores pontualmente utilizadas nas chuteiras, camisetas e calções, em contraste com a cor de pele de tons mais neutros. Neutras, e até discretas são as mensagens que acompanham as ilustrações, compostas com grande corpo, mas sem chamar a atenção, fazendo o perfeito papel de agente complementar. E para encerrar, mais uma curiosidade, de longe, guardadas as suas devidas proporções o projeto Play! me lembra rapidamente as figuras utilizadas por Tarsila do Amaral, não sei se o leitor e o Antonio irão concordar.

Confira a seguir as imagens de Play!





Sketches no processo de criação







You Might Also Like

0 comentários

INSTAGRAM

CONTATO