Cardiff City cores

O Retorno do Pássaro Azul ao Escudo do Cardiff City

12.3.15Andy Santos


Notícia de destaque no mundo do futebol recentemente é o retorno do pássaro azul como símbolo principal do Cardiff City Football Club, equipe do País de Gales que disputa a segunda divisão do campeonato inglês. Em 2010 o bilionário malaio Vincent Tan comprou o clube e logo após desejou fazer uma mudança radical no visual nos até então conhecidos como blue birds e que causou muita polêmica.

Com o objetivo de conquistar o mercado asiático, Vincent Tan determina que o dragão seja a insígnia predominante do escudo, relegando o pássaro a um mínimo espaço na parte inferior. Também há a mudança das cores do uniforme, sendo o vermelho o tom medular.

Tais mudanças causaram rejeição entre os torcedores que resistiram e protestavam pacificamente, indo aos estádios com as camisas azuis portando no escudo o pássaro original, de qualquer forma pressionando ao seu dono repensar na ação que realizou e voltar atrás. Mas reparem que Vincent não deu o braço a torcer e deixou o dragãozinho lá embaixo, invertendo o papel com a ave. Curioso, porque o assunto abordado no post "Clubes e Símbolos que Tocam o Coração" é justamente sobre como o amor, junto com atributos simbólicos ajudam a formar e crescer a marca de um clube de futebol.


O velho novo brasão e o novo antigo brasão do Cardiff City
Estabelecer um status e um nome para uma agremiação esportiva demora anos para chegar a sua plenitude. Para destruir o que conquistou basta um trabalho no mínimo sem sensibilidade. O futebol, diferente de esportes americanos, é o setor esportivo em que é mais difícil modernizar ou renovar a identidade visual. Até mesmo com os europeus. Há muitos valores depositados em cima dos pavilhões de clubes centenários, tem a História, ídolos, títulos, a fervorosa paixão. E se acontece a mudança abrupta, unilateral é como se estivesse matando todos esses valores, ou os colocando para debaixo do tapete.

Simplesmente não há a receita certa para atuar em um ramo tão delicado, diria até perigoso, porém se vier com a sensibilidade e conhecer a história do local onde você está, saber a opinião da comunidade, talvez seja um bom começo.


Vermelho ou azul? Eis a questão que Vincent Tan colocou para seus torcedores. Eles preferem azul

You Might Also Like

0 comentários

INSTAGRAM

CONTATO