Barcelona cores

A Revolução nas Listras do Barcelona

27.5.15Andy Santos


O Barcelona mais do que centenário no futebol, tendo enorme tradição. Contudo é um dos clubes que mais ousa no visual dos seus uniformes recentemente. Kits alternativos com tons berrantes de vermelhos, amarelos e verdes são normais na história recente do Barça. Aplicar conceitos audazes no conjunto principal também é corriqueiro. O passo para a temporada 2015-16 é o mais profundo neste quesito, o clube catalão apresenta aspecto inédito, como a camisa tendo listras horizontais em vez das clássicas faixas verticais.

Alguns sites já antecipavam a nova indumentária da equipe azul-grená produzida pela Nike e já causou surpresa no público e algumas reações negativas. O conceito das listras horizontais e do uniforme em geral são as bandeiras, comuns no estádio Camp Nou, ou em varandas e em tantos cantos da cidade, agitadas em momentos de triunfo. E assim o objetivo do projeto é prestar homenagem aos símbolos que identificam clube e região, afinal o Barça é um dos expoentes da região da Catalunha.

A camisa tem base azul e contém quatro listras grenás, mais escuras do que o costume. Também há detalhes em amarelo, nas laterais que vão até a parte interna das mangas e o logotipo da fabricante. A gola em formato suave de "V" possui na metade de trás pequenas faixas em amarelo e vermelho, simbolizando a bandeira catalã. Na parte de dentro dela a frase que define a agremiação "Mes que un club" (Mais que um clube). O calção é na cor grená, com listras laterais em azul. As meias azuis têm faixa grená ao topo e atrás na cor amarela com os "chevrons", formas geométricas usadas nos templates da Nike. O conjunto short/meias nesta aparência não é fato original, nas temporadas 2005-06 e 2010-11 já foram agregados ao uniforme principal.



Lançado simultaneamente ao principal, o uniforme número dois barcelonista carrega a identidade gráfica da Senyera, nome da bandeira da já citada comunidade autônoma da Catalunha. Camisa amarela, gola redonda em que a metade de trás tem as cores azul e grená, a frase símbolo assim como no uniforme principal, listras laterais azuis, calção na mesma cor e meias predominantemente amarelas, com os chevrons azuis atrás. O que chama atenção no kit é a parte das costas na camisa, contendo quatro faixas verticais vermelhas de ponta a ponta. Claro que é a representação quase que literal da Senyera, mas corre um alto risco de haver dificuldade na identificação dos jogadores pelo número.

Falando nisso, a família tipográfica utilizada nos nomes e a numeração é bem parecida com o que já é visto nos últimos anos. Os caracteres contêm traços que fazem a impressão de dobra, e para a nova temporada a estrutura deles é mais light, de corpo mais fino.




O futebol é o esporte mais popular do planeta, um dos mais ricos e exige que haja uma força comercial e marketing sempre constante. Daí a necessidade de se mostrar novos uniformes a cada ano, diferentemente de esportes americanos como o beisebol e o basquete no qual as equipes jogam com os mesmos conjuntos durante quatro, cinco temporadas seguidas. E no futebol não há esse espaço, as equipes criativas das fabricantes precisam constantemente apresentar novos projetos para os clubes, que são ao mesmo tempo parceiros e clientes. Dessa urgência pode ter saído a ideia para a inversão das listras na camisa principal. As equipes que usam listrado no máximo alteram o tamanho das faixas, mas não a mudança de posicionamento. Nike e Barça apostam nessa transformação e vamos nos acostumando visualmente com ela.

A seguir mais imagens dos novos uniformes que são a revolução listrada para o clube catalão.











You Might Also Like

0 comentários

INSTAGRAM

CONTATO