Atlanta basketball

A Próxima Geração Visual do Atlanta Hawks

25.6.15Andy Santos


2015 é de fato muito movimentado em relação às mudanças de identidade visual na NBA. O tema da vez é a nova geração de uniformes do Atlanta Hawks, que dessa safra parece ser a mais inovadora e arrojada. Antecipo que se tiver boa aceitação o feito dos Hawks pode ditar tendência daqui para frente na perspectiva de design para a principal liga de basquete do mundo.

A atual transformação nos falcões se iniciou ano passado, em um processo transitório. Foi realizado através do resgate do principal ícone na história da equipe - o clássico logotipo dos anos 70 contornado em vermelho com a cabeça do mascote, carinhosamente apelidado de Pacman, com função de logo secundário. Ele fora reformulado, reposicionado, para que quando ocorra o "momento gestalt" em nossas mentes, enxerguemos mais o falcão do que o simpático personagem dos games. Poucas semanas atrás a insígnia foi alçada a logo principal e ganhou um adorno, o círculo medalhado vermelho com a inscrição Atlanta Hawks Basketball Club, semelhante ao dos 76ers que já descrevemos neste espaço (leia aqui). E já com nova tipografia, dando indícios dos futuros passos.


Neste âmbito o laço com os torcedores foi trabalhado para ficar mais forte, com o slogan True to Atlanta (Fiel à Atlanta), moldando o conceito e espírito para o desenho dos uniformes. Antes de descrevê-los, vejamos o texto conceitual, o manifesto que institui o nascimento deles.

Nossa cidade está unicamente localizada no epicentro da moda, cultura pop e hip-hop do sul. Esse espírito inventivo é evidente nestes conceitos inovadores de design que traça padrões, cores e combinações únicas das camisas e shorts, para as meias e laços.

Padrões exclusivos, cores ousadas e um design inovador. Estes são os elementos de uniformes novos, cujas peças podem ser combinadas de formas nunca vistas antes. Mais do que tecido, corante e linha, esta nova identidade visual entrelaça a história do nosso passado, o presente e o nosso futuro.

Dois parágrafos evocando o que a cidade tem de melhor, como se comporta, como se define. Objetiva despertar a auto estima do cara pertencente à comunidade e o atrai para caminhar junto com o time. Gesto semelhante a esse acabamos por mostrar aqui com os Clippers (leia aqui). Tais ações em algum momento são comuns às franquias da NBA, se convergem. No entanto os Hawks querem oferecer mais inovação, mais valores, mais pontos de vista. Quatro elementos são básicos para a formação dos três uniformes - textura, paleta de cores vigorosa, tipografia coesa e a assimetria.




Textura de padrão triangular, presente na camisa e se estende até a lateral direita do calção, representando o peito do falcão, uma aplicação inédita nos designs de uniformes americanos. Na paleta saiu o azul e entram o preto e o verde cítrico junto do vermelho intenso e branco, atribuindo jovialidade e audácia. A tipografia fantasia tem a base arrojada como na identidade visual anterior, no entanto ela contém mais leveza, sem perder a conexidade. Os contornos pelas nomenclaturas e números causam maior realce. A assimetria existe porque em todos os conjuntos não existe elementos casados em sua totalidade. A camisa tem textura, mas ela só há em parte direita do calção, acompanhada de dupla listra e logo abaixo o logo do pacman. Ainda falando da camisa a gola em V não é uniforme. A parte esquerda do calção é chapada, tendo apenas o nome Hawks em sentido vertical. A cor dos nomes não é a mesma nos números e o mesmo se aplica aos contornos se forem reparar. Contudo o ponto central, literalmente, é o outro logotipo secundário na altura da cintura que é a bola de basquete cercada por um par de asas.



Os kits de Atlanta são predominantemente branco, preto e vermelho, contendo os detalhes em forma e cores complementares descritos antes. Interessante que mantiveram no uniforme vermelho a inscrição ATL, abreviatura da cidade. O ponto mais forte é que a exceção do branco, os outros uniformes podem ser misturados, camisa preta com calção vermelho e vice versa, outro ineditismo trazido pelo projeto. Com esse lançamento os Hawks são também o primeiro time a mostrar as meias personalizadas que todos usarão a partir da próxima temporada.

A proposta é corajosa e incentivadora, cria-se uma natural expectativa pela estreia em quadra destes uniformes. Em 2007 os Hawks lançaram a agora obsoleta geração visual em um contexto de recuperar a confiança da franquia, depois de repetidos anos em que vinham mais derrotas do que vitórias. 2015 é diferente, chegaram perto de uma final, quatro dos jogadores são all-stars. A próxima etapa é confirmar que não é uma força passageira e que pode disputar novamente por cima os futuros campeonatos.

A seguir, o vídeo de lançamento que recomendo bastante assistir e mais detalhes dos uniformes e aplicações em outras peças.
















You Might Also Like

0 comentários

INSTAGRAM

CONTATO